1ª Edição (2011) – Idalberto Chiavenato

Tema: Desenvolvendo Talentos, Gerenciando Pessoas e Obtendo Resultados.

 

Com a ilustre presença do professor e autor internacionalmente conhecido com mais de 30 livros, 17 deles traduzidos e utilizados nas principais instituições de Administração do Brasil, Europa e Estados Unidos, deu-se início ao grandioso PROJETO TROCANDO IDEIAS. Foi uma noite recheada de emoções e conhecimentos.

O evento foi realizado no Boulevard Buffet em Juazeiro do Norte e contou com a presença de cerca 1.500 convidados vindos de Fortaleza, Iguatu, Icó, Sobral, Araripina, Cajazeiras, Ouricuri e região metropolitana do Cariri, que assistiram ao tema “Desenvolvendo talentos, gerenciando pessoas, obtendo resultados”. Um momento inesquecível que marcou a trajetória de sucessos do CEEN.

2ª Edição (2011) – Leonardo Boff

Tema: Ética, Educação e Inclusão, que Brasil queremos?

O teólogo e filósofo, Leonardo Boff, voltou ao Cariri 10 anos depois de ter visitado, no anonimato, a cidade de Juazeiro do Norte para conhecer de perto a espiritualidade dos romeiros. Desta vez, ele atendeu ao convite do CEEN, para ministrar palestra sobre “Ética, Educação e Inclusão: que Brasil queremos?”
Na sua concepção, chegou, finalmente, a vez do Brasil. Não há nenhuma nação tropical que tenha todas as condições, todos os elementos que podem ajudar a humanidade a sair da crise ecológica, econômica e humanitária, quanto o País. Leonardo Boff adverte que nós chegamos nos limites dos recursos que a terra e o que há de água para oferecer a humanidade.

O Brasil, segundo o religioso, é a potência das energias alternativas. Segundo ele, aqui se encontra a maior biodiversidade do planeta. Só a floresta amazônica oferece de graça para a humanidade, diz ele, mais US$ 50 bilhões por ano. Há um povo altamente rico, inteligente e que se misturou com todas as raças. Não há fundamentalismo. Não existem, como nos Estados Unidos, estes preconceitos raciais.

Para o teólogo, é importante unir o saber acadêmico com o saber popular, que é construído de experiências de dezenas de gerações. Cada saber é uma janela que descortina paisagens diferentes.

3ª Edição (2012) – Augusto Cury – Fortaleza – CE

Tema: Família e Escola, revolucionando pelo Exemplo e pelo Afeto.

 

Augusto Cury foi um dos escritores mais lido do Brasil e do mundo na última década, de acordo com a Folha de São Paulo. A primeira palestra foi realizada em Fortaleza, no Centro de Eventos Ceará, onde cerca de 800 pessoas ouviram-no discorrer sobre a importância do exemplo impresso através da associação entre família e escola.

 

4ª Edição (2012) – Augusto Cury – Juazeiro do Norte – CE

Tema: Família e Escola, revolucionando pelo Exemplo e pelo Afeto.

 

Cury falou sobre a im­portância da afetividade e esta enquanto elemento transformador da realidade e no processo de crescimento profissional e huma­no. Além de levantar reflexões sobre a importância da motivação nas relações humanas estabelecidas nos diferentes contextos sociais, inclusive nas relações de trabalho, com o objetivo de contribuir para a melhoria das pessoas e das organizações. Con­tamos com a presença de aproxi­madamente 3000 pessoas.

Nosso evento também teve uma causa social. Solidariamente, foram realizadas doações para instituições filantrópicas da região no intuito de promover o cuidado e a atenção com o próximo. Espalhando, dessa forma, a afetividade, uma de nossas principais aliadas.

5ª Edição (2014) – Luiz Schettini Filho

Tema: Adoção: Origem, segredos, medos e revelações!

Psicólogo, teólogo, professor e escritor, Luiz Schettini Filho arrancou aplausos da plateia no encontro que falou sobre ADOÇÃO: Origem, segredos, medos e revelações! A palestra trouxe contribuições que vão para além da convivência diária, focando a construção de vínculos afetivos.

Schettini falou sobre amar e manifestar o amor, o que se torna insuficiente se o outro não perceber esse amor na prática, a adoção de filhos não se restringe ao estabelecimento de um vínculo de filiação ao se utilizar da geração biológica de outras pessoas. Todos os filhos, independentemente de sua ligação biológica, precisam ser adotados afetivamente para se tornarem filhos reais.

Abrilhantando a noite, mais um encontro afetivo só que em forma de música, o cantor e compositor Osvaldo Montenegro apresentou ao público sua turnê, “Nossas Histórias”, tocando suas músicas mais conhecidas. Durante a apresentação, o público conferiu um mix de instrumentos musicais, tocando pérolas como: Bandolins, Lua e flor, Metade, Estrada nova, A lista, Intuição, Léo e Bia, Estrelas, Sem mandamentos, Travessuras, entre outras.

O evento foi uma parceria do CEEN com o IACC – Instituição de Apoio à Criança com Câncer. Juntamente com este projeto, que tem como intuito discutir a adoção nas mais diversas abordagens, nós do CEEN convidamos o público a adotar esta ideia de partilha e amor ao próximo. Por isso, desenvolvemos uma parceria com o IACC, um lar de amor e cuidado, que acolhe as famílias, garantindo conforto, alimentação e oficinas que ajudam a atravessar esse doloroso momento.

6ª Edição (2015) – Joaquim Barbosa

Tema: O Poder e a Ética no Brasil.

Em uma noite de extraordinárias reflexões, a 6ª edição do projeto TROCANDO IDEIAS presenteou a sociedade nordestina com a palestra proferida pelo ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa.

“Não vejo desesperança. Se olharmos a história recente do Brasil, isso uns 50 anos, percebemos que estamos em um caminho de evolução. Há 25 ou 30 anos, nada do que vemos sequer estaria à tona. O Estado não estaria emparelhado para resolver essas questões”, avaliou.

O evento contou com a participação de 2000 pessoas, entre políticos, magistrados, alunos e profissionais de diversas áreas.